Na telona: Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2!

Os cinéfilos de Leme e região poderão participar de um evento histórico: a estreia mundial do último filme da saga Harry Potter chega nesta semana ao Cine Avenida!

Nos últimos 10 anos, os pottermaníacos e tantos outros amantes dos filmes de magia e aventura já assitiram na telona Harry Potter lutar para recuperar a Pedra Filosofal, encontrar os perigos escondidos na Câmara Secreta, descobrir sua incrível conexão com o Prisioneiro de Azkaban, ver seu nome saltar do Cálice de Fogo, lutar com a Ordem da Fênix, descobrir os segredos do Príncipe Mestiço e agora, é chegada a hora de acompanhar a batalha final em Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2!

No final épico da série criada pela escritora J.K. Roling a batalha entre o bem e o mal no mundo da magia se torna uma guerra entre centenas de bruxos. Os riscos nunca estiveram tão altos e nenhum lugar é seguro o suficiente. Assim, Harry Potter precisa se apresentar para fazer o seu último sacrifício, enquanto o confronto final com Lorde Voldemort se aproxima. Tudo acaba aqui!

O Cine Avenida convidou dois cinéfilos e pottermaníacos para nos mostrarem, pela visão de quem realmente entende do assunto, o que é o universo Harry Potter e qual a expectativa para o fim de uma era na história do cinema.

“Juro Solenemente não fazer nada de bom.” – em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

“Esse menino será famoso. Não existirá uma criança no nosso mundo que não saberá seu nome”, disse a atriz e Dama Maggie Smith no papel da excelente Professora Minerva McGonagall, durante o prólogo de Harry Potter e a Pedra Filosofal (primeiro filme da saga). Mal sabiam os produtores da Warner Bros. que a personagem tinha razão. Não apenas no mundo dos bruxos, mas entre os “trouxas”, é muito difícil encontrar alguém que não conheça Harry Potter.

Criado pela fantástica mente da escritora Joanne Kathleen Rowling, durante um período de depressão em sua vida, divorciada e mãe de uma filha, Harry foi tomando forma em um café num bairro da capital escocesa enquanto sua filha dormia no carrinho ao seu lado.

Após muitas recusas de várias editoras, o manuscrito do livro caiu nas mãos da editora Bloomsbury que viu na história uma oportunidade, já que sua divisão de livros infanto-juvenis andava mal-sucedida. Nesta ocasião, Joanne Rowling agregou, como nome do meio, o nome da avó, Kathleen, originando a famosa assinatura J.K.Rowling.

Os direitos do livro foram adquiridos pela Warner e em novembro de 2001 Harry Potter e a Pedra Filosofal estreava nos cinemas.

Daí para frente foi como ascender em um céu infinito, tal como um foguete em busca de um destino que já estava traçado desde quando Harry, como conta J.K. Rowling, simplesmente brotou em sua mente: o sucesso.

Dirigida por Chris Columbus, a primeira adaptação cinematográfica trazia toda a magia e genialidade de Rowling às telas. A história começa quando Harry Potter, um órfão de 11 anos que vive com os tios, descobre ser um bruxo e percebe uma gama de possibilidades, um mundo novo e melhor. E claro, muitos desafios.

A saga desemboca numa série de filmes evidenciada por uma sucessão de acertos, talvez nunca antes vista na história do cinema. Somado a legião de fãs que lotavam as salas a cada estreia, não é surpresa que tenha se tornado uma das franquias mais lucrativas de todos os tempos. A cada novo título a trama evoluía, e as produções a acompanhavam: passando por Câmera Secreta, Prisioneiro de Azkban, Cálice de Fogo, Ordem da Fênix, Enigma do Príncipe, Relíquias da Morte Parte I e, agora, o tão aguardado Relíquias da Morte Parte II.

Não é segredo que o último filme da série desperta um misto de sentimentos entre os fãs – e nos incluímos nisso. Seja por representar o fim da série nos cinemas (já que o livro Harry Potter e as Relíquias da Morte foi lançado em 2007), seja por pura ansiedade, ou apenas uma mescla de medo e receio com o que irá acontecer com personagens que nos acompanham desde a pré-adolescência: Harry Potter é, sem dúvida, um fenômeno mundial que marcou totalmente uma geração. Uma geração que cresceu com o garotinho com uma cicatriz em forma de raio na testa, a geração que riu com os geniais gêmeos Weasley, ou que chorou com a morte de Dumbledore, Edwiges, Dobby e tantos outros. A geração que aprendeu, mais do que tudo, os conceitos de amizade e amor tão impregnados na obra.

Estivemos com Harry, Rony e Hermione até o fim, e estaremos mais uma vez, no dia 15 de Julho, às 00h01min assistindo não ao fim de uma saga. Não.

Veremos a perpetuação de uma lenda.

“Mal-feito feito”

Por Diego Paulino, graduando em Imagem e Som pela UFSCar – @souHerege e por Marcelo da Cruz, técnico em Marketing – @marcelodacruz – Ambos fanáticos pelo universo criado por J.K. Rowling

A primeira sessão será o Corujão do Avenida, às 00h001, desta sexta (madrugada de quinta para sexta) e os ingressos já estão esgotados.

Veja o horário da pipoca a partir do dia 15:

HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE – PARTE 2 (Legendado)

Todos os dias: 16h00, 18h30 e 21h00

Esse post foi publicado em Horários, Na telona!. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s